You are currently viewing Coceirinha nas partes íntimas: devo me preocupar?

Coceirinha nas partes íntimas: devo me preocupar?

Foto: Calcinha Pantys
Foto por: Pantys: marca usada por mulheres do futuro

A gente fala bastante sobre cuidados com a pele, rotina de beleza. Mas, você sabe quando é o ideal buscar um médico ginecologista para auxiliar nos cuidados da sua saúde das partes íntimas?

Assim como nossa rotina de beleza do corpo todo, nossos órgãos genitais também precisam de cuidados e uma rotina para se manter saudável, e ignorar esses cuidados especiais que podem se tornar rotina, pode acarretar em alergias e algumas patologias não muito legais.

Por isso, nem toda coceirinha é normal, menstruação irregular e corrimento recorrente muito menos. O corpo nos envia sinais de diversas formas, é preciso estar atenta. Pensando nisso, trouxemos algumas dicas fáceis do que é preferível que você faça ou não faça na sua rotina da saúde genital:

#Roupas

Isso mesmo, roupas apertadas podem influenciar muito na temperatura, além do atrito, podendo resultar em alergias nas partes íntimas. Outro cuidado essencial é a escolha da roupa íntima, sempre que puder escolha por calcinhas de algodão.

#Lenços

Lenços umedecidos, absorventes diários, perfumes íntimos, todos esses elementos podem causar irritação, secura e hipersensibilidade. Não se esqueça que suas regiões íntimas possuem um pH próprio, produtos com muitos componentes químicos podem causar desequilíbrio.

#Absorvente

Durante a menstruação o ideal é que você troque o absorvente pelo menos a cada 4 horas. Pois, nesse período ocorre a mudança de pH e o meio fica propício para proliferação de bactérias.

#Sabonete

Para preservar o pH da sua região genital, prefira sabonetes neutros e sem aromas, os sabonetes convencionais são alcalinos e podem causar irritação nas partes íntimas.

E aquela dica de amiga …

Por fim, aquela dica amiga. Procure uma ginecologista ao notar algo incomum no cheiro e textura da secreção vaginal, ao sentir coceiras que não passam, ao sentir cólicas menstruais com mais intensidade e também para realizar os exames de rotina anualmente. Não é algo muito confortável para nós, é totalmente invasivo, pode gerar receio e medo. Mas, cuidar da nossa saúde íntima é necessário para uma vida saudável. E não se esqueça, sexo bom é sexo seguro, porque atualmente ele é maior meio de transmissão de muitas doenças, as famosas DST (doenças sexualmente transmissíveis).

Cuide de você, a rotina de beleza se inicia nos fios de cabelo e se estende por todo corpo. A saúde da região íntima afeta diretamente a autoestima, porque se sentir bem, é se sentir segura em todos os aspectos possíveis. E você, tem alguma dica? Deixa aqui nos comentários!

#SOMOSUAU

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alexandra Cunha

Precisamos falar mais sobre os cuidados com nossas partes íntimas, e que bom que isso está sendo abordado. Sempre uso calcinha de algodão e roupinhas soltas pq ajuda muito e amei as dicas e esse post por inteiro! ❤️😍✨

Samanta Coelho Loxe

Amei esse post! Falar de auto-cuidado, bem estar e amor próprio, engloba tantas coisas, inclusive a nossa saúde. É necessário que a gente se conheça, conheça nosso corpo, os sinais que ele apresenta, respeite, cuide e ame quem a gente vê refletido no espelho. Uma dica importante de cuidado íntimo é manter a região íntima arejada quando estiver em casa, para evitar a proliferação de fungos, como a Candida albicans, responsável pela candidíase. Vale ficar um tempo sem calcinha, usar vestidos levinhos, tudo em prol da nossa saúde e bem estar. Mas se apresentar qualquer alteração como as já mencionadas coceiras, algum corrimento com odor ou cor estranhos, não deixem de procurar um ginecologista.

Isabel

Não tem como não amar os conteúdos que vocês postam né?
Eu acho necessário esse post, temos vergonha de falar de assuntos como esses as vezes e até mesmo de buscar ajuda achando que é “incomum”, mas na realidade isso é algo que pode acontecer com qualquer uma de nós mulheres.
Já tomava precauções antes, mas desse post vou redobrar, obrigada UAUBox! ❤️

Bruna Martins

Ameeei muito esse post! Precisamos falar sobre isso ❤️

[…] no UAUBlog já falamos sobre coceiras na partes íntimas, e este é um assunto que se encaixa dentro desse tema e é super relevante, por exemplo. Ta vendo […]

[…] você se interessou por esse tipo de assunto, que tal dar uma olhadinha nesse post aqui sobre cuidados […]

Alexandra Cunha

Precisamos falar mais sobre os cuidados com nossas partes íntimas, e que bom que isso está sendo abordado. Sempre uso calcinha de algodão e roupinhas soltas pq ajuda muito e amei as dicas e esse post por inteiro! ❤️😍✨

Samanta Coelho Loxe

Amei esse post! Falar de auto-cuidado, bem estar e amor próprio, engloba tantas coisas, inclusive a nossa saúde. É necessário que a gente se conheça, conheça nosso corpo, os sinais que ele apresenta, respeite, cuide e ame quem a gente vê refletido no espelho. Uma dica importante de cuidado íntimo é manter a região íntima arejada quando estiver em casa, para evitar a proliferação de fungos, como a Candida albicans, responsável pela candidíase. Vale ficar um tempo sem calcinha, usar vestidos levinhos, tudo em prol da nossa saúde e bem estar. Mas se apresentar qualquer alteração como as já mencionadas coceiras, algum corrimento com odor ou cor estranhos, não deixem de procurar um ginecologista.

Isabel

Não tem como não amar os conteúdos que vocês postam né?
Eu acho necessário esse post, temos vergonha de falar de assuntos como esses as vezes e até mesmo de buscar ajuda achando que é “incomum”, mas na realidade isso é algo que pode acontecer com qualquer uma de nós mulheres.
Já tomava precauções antes, mas desse post vou redobrar, obrigada UAUBox! ❤️

Bruna Martins

Ameeei muito esse post! Precisamos falar sobre isso ❤️

[…] no UAUBlog já falamos sobre coceiras na partes íntimas, e este é um assunto que se encaixa dentro desse tema e é super relevante, por exemplo. Ta vendo […]

[…] você se interessou por esse tipo de assunto, que tal dar uma olhadinha nesse post aqui sobre cuidados […]