You are currently viewing Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
pessoa com deficiencia

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Hoje, dia 3 de dezembro, comemoramos o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

A data tem o objetivo de trazer informações sobre todos os assuntos relacionados a deficiência, seja ela física ou mental, para conscientizar e possibilitar ambientes movidos pelo respeito e empatia.

A data propõe a conscientização sobre temas que ressaltam a importância de inserir as pessoas com deficiência em diferentes aspectos da vida social, como a política, a econômica e a cultura e trazer representatividade e que devem ser lembrados sempre.

Afinal, refletir e praticar métodos que garantam uma boa qualidade de vida, com inclusão e respeito para todas as pessoas com deficiência é necessário, né Mig?

Origem do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Em 1992, através de uma Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) a data foi instituída. No dia 3 de dezembro, além de celebrarmos o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, também se comemora o Dia do Programa de Ação Mundial para as Pessoas com Deficiência, criado dez anos antes, em 1982.

De acordo com dados da Organização das Nações Unidas, aproximadamente 10% da população mundial tem alguma deficiência, por isso é tão importante conscientizar sobre as maneiras de manter a qualidade de vida e inverter a ideia de que as pessoas com deficiência são menos capacidade, pois como todos no mundo, eles tem direitos e deveres.

#PraCegoVer Pessoa com síndrome de Down com as mãos coloridas de tinta

Não é a deficiência que limita alguém, é o preconceito

Mig, agora a gente já sabe que essa iniciativa tem como objetivo conscientizar a população e propiciar um mundo melhor e mais empático… Mas pra isso, precisamos direcionar nosso olhar para a igualdade de oportunidades, promover os direitos humanos e, claro, falar sobre assuntos relacionados a deficiência e, principalmente, ouvir as pessoas com deficiência sobre a falta de acessibilidade e inclusão, que são princípios básicos dos direitos que qualquer pessoa tem e que reforçam a igualdade.

Ahhh, mas no meio disso, você deve tomar cuidado com as falas capacitistas, tá bem? Através de falas que parecem demonstrar compaixão, muitas vezes naturaliza o sentimento de estranheza e fortalece a desigualdade e o preconceito e podem abalar a autoestima e emocional de pessoas deficientes.

Capacitismo, como assim?

Mig, se você ainda não ouviu ou não conhece o termo “capacitismo”, deixa que eu te explico: de maneira resumida, podemos definir como:

“atitude de discriminação, opressão e abuso advindos da noção de que pessoas com deficiência são inferiores às pessoas sem deficiência. Inclui, desta forma, tanto a opressão ativa e deliberada (insultos, considerações negativas, arquitetura inacessível) quanto a opressão passiva (tratamento de pena, caridade, inferioridade)”.

É, basicamente, uma atitude discriminatória e preconceituosa que reflete na vida da pessoa com deficiência, a privando de oportunidades ou a definindo como alguém incapaz.

Segundo a agência Publicis em um estudo que investigou o aprofundamento da desigualdade durante a pandemia, em busca da possibilidade de ações, o grupo de PCD’s (Pessoas com Deficiência) “eles [deficientes] cansaram de ser vistos e chamados de heróis ou heroínas na comunicação das marcas. De fato, muitas delas vem retratando, incessantemente, os PCD’s como seres alados superadores de dificuldades. Equívoco constatado, hora de virar esta página”

É importante escutar pessoas com deficiência falando sobre acessibilidade, preconceitos e oportunidade, pois um dos motivos que camuflando o conhecimento sobre o capacitismo é que ele se manifesta de forma muito velada, muitas vezes, entendido justamente como heroísmo e supervalorização – como comentado no estudo – por quem o pratica. O primeiro passo para mudar isso é informar e divulgar conteúdo sobre o impacto que isso tem.

Mig, me conta aqui nos comentários o que você achou desse conteúdo? Vamos compartilhar conhecimento <3

Rafaela Romani

Estudante de Publicidade e Propaganda | Criadora de Conteúdo para UAUBox.
5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments