You are currently viewing Entenda o impacto do trabalho invisível e como gerir seu tempo!

Entenda o impacto do trabalho invisível e como gerir seu tempo!

O trabalho invisível é toda aquela tarefa que realizamos na nossa rotina sem ter remuneração por isso. Aposto, Mig, que você tem uma lista enorme delas por dia, né?

E esse acúmulo, junto ao trabalho efetivo, causa uma sobrecarga imensa que pode causar nas mulheres impactos profundos de exaustão e outras doenças mentais e físicas.

Por isso, fazer a sua gestão do tempo é extremamente essencial para que haja espaço para seus momentos de lazer, cuidado e atenção consigo mesma. Essas são armas poderosas para uma vida feliz!

Separamos cinco sugestões para te ajudar na gestão do tempo e, aos poucos, diminuir os impactos que o trabalho invisível causa nas nossas saúdes!

#DescriçãoDaImagem: mulher branca tem cabelo preso em coque, veste top roxo e está de lado, lavando um prato branco em uma pia de cozinha; ao fundo é possível ver armários marrons e utensílios de cozinha. Foto: Freepik.
#DescriçãoDaImagem: mulher branca tem cabelo preso em coque, veste top roxo e está de lado, lavando um prato branco em uma pia de cozinha; ao fundo é possível ver armários marrons e utensílios de cozinha. Foto: Freepik.

1 – Foque nas responsabilidades que apenas você pode fazer

Às vezes acabamos puxando para nós mais responsabilidades do que deveríamos. Seja em qualquer aspecto da sua vida, é importante entender o que realmente você precisa fazer e o que pode ser feito por outra pessoa.

Isso ajuda a deixar mais claro a quantidade de coisas que dependem de você e o que acaba sendo a mais que pode levar a uma sobrecarga. Você pode fazer mais coisas, mas também pode contar com a ajuda de pessoas queridas sempre que precisar!

2 – Se a divisão não é voluntária, delegue!

Se você sente que faz muitas coisas e que as pessoas que dividem alguma rotina com você talvez não estejam apoiando o necessário de forma voluntária, converse com elas!

Vocês podem encontrar um acordo onde todo mundo esteja com tarefas equilibradas, mas não se sinta mal de delegar algumas ações que possam ser compartilhadas. Isso ajuda a todo mundo ter a consciência do que está sendo feito e que, ao dividir, ninguém fica com coisas demais!

3- Diga não…mas não para você!

A gente fica com receio em alguns momentos em falar não para alguma coisa pensando que vai decepcionar ou vai deixar alguém na mão. Mas é super necessário aprender a falar não nos momentos certos, Mig!

Por que a pessoa que mais deve ser valorizada somos nós mesmas! Então, respire fundo e negue assumir algo ou fazer alguma tarefa que possa te impactar negativamente, sem medo de ser feliz!

4 – Marque horários com você mesma toda semana

Eu sei que com a rotina corrida, a primeira coisa que deixamos de lado somos nós mesmas.

Por isso, se ficar difícil abrir essa brecha, olhe na sua agenda e marque um compromisso com dia e horas definidas, como se realmente fosse uma obrigação a ser cumprida. Nesse tempo, faça qualquer atividade que te dê prazer, mesmo que seja relaxar!

#DescriçãoDaImagem: mulher preta está sentada em poltrona verde com os pés esticados em um sofá; ela usa uma toalha enquanto toma algo em uma xícara. Foto: Freepik.
#DescriçãoDaImagem: mulher preta está sentada em poltrona verde com os pés esticados em um sofá; ela usa uma toalha enquanto toma algo em uma xícara. Foto: Freepik.

5 – Valorize e invista nos seus hobbies

Assim como o tempo, seus hobbies devem ser um investimento no seu bem-estar já que podem te ajudar a se sentir mais confiante, criativa e energizada!

Então, tente ao máximo se dedicar a eles o quanto se dedica ao restante, colocando carinho e atenção em algo que vai trazer coisas boas para você e, quem sabe, pode ajudar a transformar a vida de muitas outras pessoas!

Mig, eu sei que na prática não é tão fácil assim. Existem diversos fatores que nos levam a assumir cada vez mais trabalho invisível, além de ainda convivermos com um processo de mudança cultural do papel da mulher na sociedade.

Mas quando a gente dá o primeiro passo em direção a olharmos mais para dentro de nós, começamos a transformar a nossa realidade e a de muitas mulheres.

Está pronta para começar? A UAU te ajuda nessa jornada de autoestima! Vem saber como aqui!

Ana Luísa Agostinho

Jornalista, criadora de conteúdo e constantemente curiosa.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments