You are currently viewing Empoderadas Ao Redor do Mundo

Empoderadas Ao Redor do Mundo

Vamos falar de mulheres fortes e empoderadas ao redor do globo, Mig?

O significado de empoderamento parece óbvio: adquirir poder. Mas é preciso ter cuidado, porque o poder ligado ao termo não quer dizer superioridade. Empoderamento feminino, ou associado a qualquer luta de minorias, quer dizer tomada de consciência do próprio poder, da própria voz e da própria força. Significa conceder a si uma autoconsciência de liberdade em relação ao que nos oprime.

Quem são as mulheres que, em diferentes países, têm lutado igualdade e liberdade de qualquer natureza?

Angela Davis

Essa professora americana é conhecida mundialmente por sua luta, desde os anos 70, quando ganhou visibilidade após ser presa.

Angela é uma das mais importantes mulheres empoderadas ao redor do mundo. Ela milita contra machismo, racismo e violências do sistema capitalista. Participou do movimento Panteras Negras, nos EUA e do Partido Comunista Americano.

Angela Davis, ativista Americana. Foto: Rogério Vieira
#DescriçãoDaImagem: Angela Davis, ativista Americana. Foto: Rogério Vieira

Lélia Gonzalez

Brasileira, escritora e intelectual, Lélia já analisava e discutia o feminismo multirracial, atualmente conhecido como interseccional, desde os anos 80. A obra dela empoderou e forma pessoas empoderas ao redor do país até hoje. Dentre essas, feministas negras e grupos antirracismo no nosso país.

Lélia Gonzalez, ativista e professora Brasileira Foto: eBiografia
#DescriçãoDaImagem: Lélia Gonzalez, ativista e professora Brasileira Foto: eBiografia

Nome de peso e orgulho nacional, Lélia tem livros publicados que exploram não só essas questões, mas também a riqueza das religiões de matriz africana. Obra que empodera também devotos religiosos que já foram muito oprimidos pela nossa cultura.

Malala Yousafzai

Direto do Paquistão, Malala começou ainda muito jovem sua luta pela educação de mulheres em seu país. Ou seja, ela queria mulheres empoderadas ao redor. Por isso, sofreu perseguição e um ataque em 2012.

Malala Yousafzai, ativista do Paquistão. Foto: eBiografia
#DescriçãoDaImagem: Malala Yousafzai, ativista do Paquistão. Foto: eBiografia

Ela se recuperou e fundou a Malala Fund, seguindo na luta pela educação das meninas paquistanesas.

Com 17 anos, ganhou o Prêmio Nobel da Paz por seus feitos. É ou não é um exemplo de empoderamento?

Greta Thunberg

Greta promove empoderamento climático. Isso aí Mig. Ela quer pessoas empoderadas ao redor do globo sobre como as mudanças climáticas estão afetando o nosso planeta. Assim, a gente vai poder se manifestar e cobrar dos governos e grandes corporações que parem de destruir a Terra.

Esse ano, muitos exemplos das consequências da negligencia do ser humano com a natureza estão sendo notados.

Greta Thunberg, Ativista da Suécia Foto: eBiografia

#DescriçãoDaImagem: Greta Thunberg, Ativista da Suécia Foto: eBiografia

Natural da Suécia, Greta já inspirou muitos jovens e foi indicada ao Nobel da Paz duas vezes.

Chimamanda Ngozi Adichie

Chimamanda é uma aclamada e premiada escritora da Nigéria. Sua obra empoderar ao redor da África e do mundo uma nova geração de leitores. Ela escreveu romances famosos da atualidade como Meio Sol Amarelo e Hibisco Roxo.

Chimamanda Ngozi Adichie, Ativista e escritora da Nigéria Foto: Tag Blog
#DescriçãoDaImagem: Chimamanda Ngozi Adichie, Ativista e escritora da Nigéria Foto: Tag Blog

Um trecho de seu discurso sobre a obra Todos Nós Deveríamos Ser Feministas (empoderamento puro!) foi incorporado à música Flawless, de ninguém menos que Beyoncé.

Curtiu, Migs? Que outras mulheres você conhece que empoderam ao redor do mundo? Conta pra gente. 😉

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments