recomeços profissionais
← Voltar

Como lidar com recomeços profissionais

Recomeçar não é uma tarefa fácil, é necessário coragem, disposição, autoconhecimento, entre tantas outras coisas. Ainda mais, se for o caso de recomeços profissionais, visto que é comum procurarmos pilares de segurança para planejar e agir dentro dessa esfera.

Para recomeçar, sabemos é preciso encerrar alguns ciclos e abrir mão de algumas coisas, e isso pode ser doloroso e nos causar bastante insegurança. Se tratando de recomeços profissionais, parece ainda mais difícil, mas não é impossível.

Recentemente rolou uma live da Lari (@larissadrozdowski), criadora de conteúdo digital aqui na UAU e da Thais (@impactaredh) da Impactare DH, no nosso Instagram sobre recomeços profissionais – se quiser dar uma olhadinha, só clicar aqui, vale super a pena, Migs.

A Thais, que já passou por inúmeros recomeços, nos contou de um que marcou muito a vida dela: o recomeço profissional que ela e sua sócia tiveram que enfrentar e que as levou onde estão [muito felizes] atualmente. Na live, dentre muitas coisas que foram ditas, separei pra você algumas dicas que a Thais deu sobre como lidar com recomeços profissionais. Bora ver isso juntas, Migs?

Recomeços profissionais

A nossa vida é feita por ciclos, quando um ciclo se fecha, é para que outros possam abrir. O importante é estar preparado e atualizado sobre o mundo e sobre certas coisas que o mercado exige, assim podemos encarar um recomeço com mais tranquilidade.

Você está feliz como está?

Associamos os recomeços profissionais à uma necessidade que se dá por conta de uma demissão ou de uma oportunidade de melhoria (muitas vezes, ditado pelo salário) que surgiu com você ainda empregado. Mas você pode estar estável e não estar feliz como está. E não tem que ser assim, viu Migs?

Neste momento, esqueça as coisas ao seu redor, pare pra olhar pra dentro de você e se pergunte: eu estou feliz? Se não estiver, é hora de encerrar um ciclo, procurar novos caminhos e recomeçar.

Lembre-se: a felicidade é feita de momentos muito certeiros, se você realmente estiver feliz, você saberá responder.

Não se desespere!

Se acontecer o caso do desemprego, não se deixe levar pelo desespero, eu sei que isso é ruim e impacta a vida de muitas maneiras, mas as inseguranças não irão resolver esse problema. Por isso se manter atualizado, estudar e saber o que você gosta e quer é o caminho para encontrar oportunidades.

Pensamentos positivos, atraem coisas positivas e o mesmo vale para os pensamentos negativos. Mesmo com medo, é dando o primeiro passo que a gente prossegue na caminhada.

Invista em você

Faça um planejamento e coloque no papel sua realidade, onde você está, onde você quer chegar e o que você precisa para conseguir, e então aproveite seu tempo livre e parte do que você ganha para investir nessas melhorias, fazendo cursos, lendo materiais de apoio ou treinando habilidades. O mercado procura profissionais capacitados e esforçados, seja esse profissional.

Caso você não esteja no seu melhor momento financeiramente (no caso de estar desempregada e sem fonte de renda, por exemplo), não tem problema, há muitos cursos online e gratuitos, a @larissa-drozdowski deixou a indicação de alguns nesse post aqui.

mulher estudando - recomeços profissionais
#PraCegoVer mulher usando fones de ouvido enquanto lê um livro

Cuidado com a vulnerabilidade!

A vulnerabilidade está ligada a sensação de medo e vergonha. Se desprenda disso e deixe explicito que você está à procura de novos horizontes, de uma recolocação. Precisamos nos mostrar pra sermos notados.

Acreditar no seu momento é necessário e se trata não somente de ir atrás daquilo que você já sabe que quer, mas aprender a lidar com rejeições também. As vezes não é de primeira, mas seu momento de brilhar também chega, Migs.

Se conheça!

Eita, Migs! A gente precisa se conhecer não somente para encarar qualquer tipo de recomeço, mas pra entender nossos limites, anseios, nossos gostos pessoais e preferencias, pra lidar com a vida com mais leveza e alegrias.

Se você entende o que te deixa insegura, de onde vem seus medos e quais são os gatilhos, você saberá como agir em situações que se sentir assim.

Você precisa estar conectada com você mesma, o autoconhecimento anda de mãos dadas com o empoderamento – falei mais sobre isso aqui – e é isso que vai te motivar a fazer coisas que você quer fazer pra você, te fará se sentir liberta dos medos e preparada para novos desafios.

Ao tratar de recomeços, precisamos entender que esse processo começa pequeno e leva tempo, existe uma caminhada que te leva até seus objetivos, é nesse caminho que você tem tempo pra ir se conhecendo e têm aprendizados pra levar pra vida toda.

“match” na empresa

Em outras palavras, se identifique com a empresa.

Sabemos que no fim do mês vem os boletos né Migs, mas procurar uma empresa somente pelo salário não é o mais indicado, embora não seja errado e devemos avaliar a realidade que cada uma vive, é importante também procurar empresas que se adequem aos seus valores.

Quando você inicia um novo emprego, você também começa uma relação com a nova empresa (mesmo que seja só uma relação trabalhista), então é preciso que seja algo saudável.

Quer uma dica de como procurar? liste 5 empresas que você gostaria de trabalhar e dá um Google sobre elas, veja quais são os valores e o que exige dos seus empregados, e procure meios de alcançar isso. É importante entender que tipo de relação você terá ao ingressar numa empresa.

mulher em um escritório - recomeços profissionais
#PraCegoVer mulher em um escritório com expressão de felicidade

Cuidado com a zona de conforto

A zona de conforto, assim como tudo na vida, também muda conforme o tempo. Então, se manter acomodada agora parece bom, mas será que isso não vai te afetar no futuro?

É claro que estar confortável no trabalho ou durante a procura dele é bom, mas avalie o quanto sua zona de conforto te mantém estagnado, vivendo um “mais do mesmo”, para entender se isso não trará más consequências futuras. Estar na “zona de esforço” é mais importante que estar na “zona de conforto”.

Feedbacks

Você pode se dar feedbacks e pedir feedbacks aos outros. De você para você, se auto avalie, seja capaz de reconhecer seus esforços, de comentar sobre suas conquistas e acertos e também sobre os seus erros, afinal, tudo é valido como experiência.

E dos outros para você, vez ou outra, deixamos passar uns errinhos e acertos aqui ou ali, o olhar do outro é capaz de captar isso e se ele compartilhar, você pode expandir seu olhar e melhorar.

Peça um feedback sobre você para alguém que te conheça, as vezes as pessoas ficam sem jeito de vir te dizer espontaneamente, e isso acaba passando batido.

O medo de recomeçar

Medos e inseguranças são mais comuns do que se possa imaginar. E, por mais que não seja tão bom sentir, é por conhecermos esse sentimento que podemos gerar empatia pelo outros.

Para lidar melhor, você pode falar sobre seus medos e inseguranças com quem confia, isso pode te ajudar a entender e afastar esses sentimentos.

Cada um pode trilhar o próprio caminho da sua maneira, somos indivíduos diferentes um dos outros, mas somos todos suscetíveis a erros e acertos sempre, veja aquilo que dá segurança e leveza para seguir na sua caminhada.

Rafaela Romani

@rafarmni

Estudante de Publicidade e Propaganda | Criadora de Conteúdo para UAUBox.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Loccitane Brand Natura Brand Relax Brand Body Shop Brand Up2You Brand KUR Brand Hidra Brand
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x